Impeachment de Dilma e Lava Jato vão virar musical

Por Júlia Zaremba

A sessão do impeachment de Dilma, a Operação Lava Jato e outros acontecimentos políticos recentes do país serão transformados em um musical.

Idealizado pelo ator e produtor Judson Feitosa, 29, “Lava Jato – O Musical” tem estreia prevista para o primeiro semestre de 2018 e passará por São Paulo e Rio de Janeiro.

“A proposta é abordar de forma responsável, mas cômica, a atualidade nacional, juntando diferentes públicos para se divertir e pensar sobre o Brasil”, afirma Feitosa.

O produtor faz mistério quanto à trilha que vai embalar o musical. Segundo ele, as canções serão paródias de músicas bastante conhecidas pelo público.

Os atores que darão vida a Dilma, aos policiais federais e aos parlamentares ainda não foram definidos. Haverá audições para a escolha do elenco.

A equipe criativa, por sua vez, já está formada. Feitosa ficará responsável pela dramaturgia, direção de produção e narração do espetáculo. José Luiz B. Melo, Julita Machado e Christiane Mattalo (que está em “Cantando na Chuva”) ficarão encarregados da supervisão de texto, das coreografias e da direção de movimentos, respectivamente.

“Minha expectativa é que o musical caia no gosto popular e toque a consciência do público”, diz ele.


Clique aqui para receber as novidades do blog por e-mail.

Sugestões, críticas ou dúvidas? Envie para musicaisemcena.folha@gmail.com

Siga também a página pelo Facebook e pelo Instagram @musicaisemcena