Atrizes de ‘Wicked’ farão novo show com clássicos do teatro musical

Por Júlia Zaremba

Em dois dias, os 627 ingressos para o show das protagonistas de “Wicked”, realizado na última quinta (4) em São Paulo, se esgotaram. Foi a primeira vez em que Fabi Bang, 32, e Myra Ruiz, 24, se apresentaram juntas desde o fim do musical sobre as bruxas de Oz, em dezembro de 2016.

Para quem não conseguiu uma entrada, boas notícias: a dupla fará uma nova apresentação do espetáculo, que será realizada em 4 de julho no teatro Porto Seguro (região central da capital). As vendas terão início em 11 de maio.

“Os nossos fãs estão carentes de ‘Wicked’. Decidimos fazer essa parceria depois de receber muitas mensagens pedindo um show nosso”, conta Myra, que interpretou a bruxa Elphaba no musical.

É sabido que atores de musicais, especialmente de produções no estilo Broadway, costumam atrair legiões de admiradores. E a dupla não foi uma exceção. No Instagram, por exemplo, cada uma acumula mais de 20 mil seguidores, dispostos a bajulá-las e a criar fã clubes dedicados a elas.

A admiração não é em vão: nem todas as pessoas têm o dom de cantar, dançar e atuar bem. Ou disposição para enfrentar uma maratona de seis apresentações de três horas cada por semana –como ocorreu em “Wicked”.

E as atrizes souberam aproveitar bem o sucesso. “Temos uma afinidade artística muito grande. Somos mais fortes e conseguimos mais visibilidade juntas do que separadas”, afirma Fabi.

Com direção de Miguel Falabella e direção musical de Paulo Nogueira, o show relembra em uma hora e vinte minutos mais de 40 clássicos de musicais, de “Hello, Dolly” (1964) até, claro, “Wicked”. A apresentação conta também com algumas encenações e trocas de figurinos.

“Abordamos no espetáculo a relação de amor e ódio que temos com a nossa profissão. É difícil fazer parte do meio e lidar com algumas questões, mas, ao mesmo tempo, não conseguimos viver sem fazer musicais”, explica Myra.

O “embrião do show”, como definem as atrizes, foi o canal no YouTube criado pela dupla em fevereiro, chamado “Apenas Existindo”, onde publicam covers de canções, bastidores de viagens e gravações com uma pegada cômica.

“Temos muitas ideias de vídeos. A dificuldade é conciliar nossas agendas, já que uma está no Rio e outra em São Paulo”, conta ela. A página conta hoje com mais de 6.400 usuários inscritos.

A ideia era que a espontaneidade do canal fosse levada ao show, intitulado “Desafiando a Amizade”, um trocadilho com a música “Desafiando a Gravidade”, de “Wicked”. “Nos ‘desafiamos’ em alguns momentos, brincando com a questão do estereótipo das divas de musicais competindo entre si”, diz Fabi.

A dupla não descarta a ideia de ficar em cartaz com o show. “Mas ainda temos que amadurecer o projeto, não queremos dar um passo maior do que as pernas”, pondera a atriz.


Clique aqui para receber as novidades do blog por e-mail.

Sugestões, críticas ou dúvidas? Envie para musicaisemcena.folha@gmail.com

Siga também a página pelo Facebook e pelo Instagram @musicaisemcena