‘Enquanto as Crianças Dormem’ vai questionar padrão Broadway

Por Júlia Zaremba

O novo espetáculo do diretor Dan Rosseto, 37, “Enquanto as Crianças Dormem”, está longe de ser um musical tradicional. Na contramão do padrão Broadway, o elenco não tem longa experiência em musicais, as canções são interpretadas sem microfone e não há grandes números de dança.

“A peça pode ser classificada como um antimusical tragicômico”, define o diretor. A estreia será em 31 de maio no teatro Aliança Francesa, na região central de São Paulo.

A história gira em torno de uma atendente de uma rede de fast-food que entra em um esquema de tráfico de drogas. Tudo para tentar virar uma atriz de musicais na América. “A ideia é discutir o que as pessoas são capazes de fazer para realizar um sonho”, diz ele.

O espetáculo terá canções originais, compostas por Fred Silveira (“My Fair Lady”), e outras mais pop.

Teatro Aliança Francesa. R. General Jardim, 182, Vila Buarque, tel.: 3017-5699. Qua. e qui: 20h30. Até 27/7. R$ 50.


Clique aqui para receber as novidades do blog por e-mail.

Sugestões, críticas ou dúvidas? Envie para musicaisemcena.folha@gmail.com

Siga também a página pelo Facebook e pelo Instagram @musicaisemcena